Blog da NF-e

blog da nfe - nota fiscal eletrônica

O que preciso para emitir Nota Fiscal Eletrônica?

O que preciso para emitir Nota Fiscal Eletrônica?
  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Bom, vamos lá, você acabou de abrir sua empresa ou seu negócio e precisa enviar suas mercadorias, e não sabe o que é preciso para emitir Nota Fiscal Eletrônica?

Bom, vamos lá, você acabou de abrir sua empresa ou seu negócio e precisa enviar suas mercadorias, e não sabe o que é preciso para emitir Nota Fiscal Eletrônica?

Elaboramos um passo-a-passo que você deverá seguir para sua pequena empresa se tornar emissora da NF-e, mesmo que voluntariamente:

  1. Adquira um certificado digital: Para ter validade jurídica, a nota fiscal eletrônica precisa de uma assinatura digital, para confirmar sua autenticidade e provar que foi a sua empresa que emitiu a nota. Você deverá adquiri-lo junto a uma Autoridade Certificadora credenciada pela Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP);
  2. Realize seu credenciamento na secretaria da fazenda: Você precisa estar cadastrado para emitir a nota fiscal eletrônica na Secretaria de Estado da Fazenda onde sua empresa está instalada. O cadastro geralmente é simples, mas varia de um estado para o outro, por isso é interessante que você procure um contador que conheça a legislação local para te ajudar. Inicialmente você pode escolher a modalidade de credenciamento “Em homologação”, assim suas notas ainda não serão enviadas oficialmente, mas apenas como um teste até que você receba o treinamento adequado e esteja apto a emitir a NF-e. Quando isso acontecer, basta mudar a opção de credenciamento para “Em produção”;
  3. Adote um software emissor de NF-e: Você vai precisar usar um software gerador de notas fiscais eletrônicas. Alguns Estados oferecem gratuitamente o download de sistemas no site da Secretaria de Fazenda. No entanto, o programa da Sefaz deixará de ser atualizado apartir de janeiro de 2017 e a própria Sefaz de São Paulo recomendou a adoção, o mais rapidamente possível, de outras soluções melhores para substituir o emissor gratuito. O aplicativo era conhecido por não ser eficaz para empresas que precisam emitir muitas notas fiscais, porque exige que sejam digitadas novamente em campo próprio todas as notas emitidas no sistema de faturamento, ou manualmente, gerando trabalho redobrado. A boa notícia é que existem vários sistemas gestores que emitem NF-e a custos reduzidos no mercado, e que não necessitam desse trabalho extra. É só procurar um que esteja adequado às características e condições econômicas de sua empresa. Certamente é um investimento que vai valer a pena.

Atenção MEI: As regras e o processo de emissão para quem é MEI é diferente. Atualmente, a emissão de nota fiscal está disponível apenas para micro e pequenas empresas optantes pelo Simples, não sendo compatível com notas para CNPJs do regime MEI.

  • Compartilhe esse post
  • Compartilhar no Facebook00
  • Compartilhar no Google Plus00
  • Compartilhar no Twitter

Olá, deixe seu comentário para O que preciso para emitir Nota Fiscal Eletrônica?

Enviando Comentário Fechar :/